[ editar artigo]

CONCLUSÃO DO MOD 4 - O SINTOMA COMO CAMINHO

CONCLUSÃO DO MOD 4 - O SINTOMA COMO CAMINHO

Na nossa cultura os sintomas são vistos como obstáculos que devem ser combatidos, como inimigos.

Agora aprendo , com as Constelações Sistêmicas, que os sintomas são bem vindos. São aliados, trazem informações importantes, são mensageiros.

Nos dizem que se fizermos o que é necessário, os sintomas desaparecem; dando lugar a cura, a saúde, a felicidade. Aprendemos  e assim ganhamos qualidade de vida.

Todo sintoma pede de nós uma transformação, eles nos colocam na direção certa.
Atuamos na causa e não no efeito.  É na causa que está a cura, nos efeitos, o que precisamos mudar, ajustar.

Sintomas simples, pedem mudanças simples. Sintomas complexos, exigem mais de nós.

Sintomas simples que não são vistos, cuidados, evoluem e se tornam crônicos.


MILAGRES E CURAS ACONTECEM QUANDO FAZEMOS O QUE É NECESSÁRIO.


Precisamos buscar entendimentos, explicações e resoluções, pois muitos sintomas não têm explicação no aqui agora - memórias pessoais , mas em memórias transgeracionais. Quando trabalhamos sistemicamente, vamos liberando a nós e os nossos descendentes de muitos sintomas sem explicação.  A Terapia e os Saberes Sistêmicos nos tiram da ignorância. 


TODAS AS VEZES QUE CUMPRIMOS AS TAREFAS QUE UM SINTOMA PEDE, EXPERIMENTAMOS MILAGRES.

Aprendi algumas diferenças entre:
DOENÇA CRÔNICA - Sintoma que incomoda, algo que não é visto, atrapalha mas vamos empurrando o problema, algo que existe a algum tempo,  pela menos 2 gerações, sabemos o que precisa ser feito, mas não fazemos. Atrapalha mas não mata. Exige de nós mudanças e também saber suportar a culpa por fazer diferente dos nossos ancestrais.
DOENÇAS INCURÁVEIS -  Pedem transformações urgentes, pedem conversão, que vem de dentro. Não há tempo a perder, ou se lida com isso, se faz o que é preciso, ou pode levar a morte.

QUAIS OS SINTOMAS QUE NOTO QUE VEM DE MEMÓRIAS TRANSGERACIONAIS DO MEU SISTEMA?


Como nossa mestra Olinda sempre fala, herdamos os ( bônus) a cor dos olhos, os dons e talentos e também as tarefas a cumprir, como alguns sintomas, dos nossos ancestrais.

No meu caso, somos em três irmãos e o que eu noto, agora que conheço os Saberes Sistêmicos,  é que meu irmão, o mais velho herdou a diabetes, eu a obesidade da minha mãe e minha irmã caçula  o gosto pela bebida, que vem do meu pai.  


Chega para mim uma abertura de consciência, que já me permite saber, sentir e trabalhar os meus sintomas ; mas em 3 filhos, somente eu estou desperta para esse conhecimento. Meus irmãos acham que tudo isso é uma grande perda de tempo, infelizmente.


Eu agradeço por esse despertar, assim, vou sentindo de onde e de quem vem os meus sintomas, e através desse conhecimento, saio da ignorância e trabalho em prol de todos.


Gratidão.
 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você