[ editar artigo]

VIDA CONJUGAL, FILIAL E PARENTAL DE MEUS PAIS

VIDA CONJUGAL, FILIAL E PARENTAL DE MEUS PAIS

A vida conjugal dos meus pais sempre foi bastante conturbada, com brigas, discursões, mentiras, traições, omissões e outras coisinhas mais.

Meu pai sempre foi galanteador e namorador quando jovem e, desde criança, trouxe sobre si um relacionamento com sua mãe (minha avó), por decorrência da separação de seus pais, por motivo de muitas traições. Também bebia muito, parou por um tempo e agora voltou a beber bastante. Nunca teve um relacionamento muito próximo com seus irmãos, é tanto que tem alguns tios meus que não vejo há mais de anos, mesmo morando na mesma cidade.

Minha mãe também teve lá seus relacionamentos piores com minha avó aos três anos de idade por causa da perca do pai ( meu avô), que faleceu em uma explosão, depois foi excluída pela própria mãe e colocada para fora de casa uns três anos depois, para morar com tio e madrinha por causa de um novo marido que minha avó havia se envolvido, ou seja, seu novo padrasto.

Junto com minha mãe foram excluidos seus irmãos, porém para lares separados. Relacionamento novo da minha avó esse que maltratava e batia muito em minha avó e em minha mãe, com o retorno dela e dos irmãos que haviam se separado e depois de alguns anos retornaram para casa.

Acredito que venho de uma linhagem que não conhece bem o que é puro e verdadeiro amor. E acredito que meu pais estejam juntos por costume e "comodismo", pelo passar dos anos, por medo de uma separação e de como todo o "resto do mundo" viria isso.

#mod 03#conclusão do módulo

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você