[ editar artigo]

CONCLUSÃO DO MÓDULO 3 - RELACIONAMENTOS CONJUGAIS

CONCLUSÃO DO MÓDULO 3 - RELACIONAMENTOS CONJUGAIS

Este sem dúvidas foi o módulo que mais me chamou atenção até aqui e vejo em mim uma grande afinidade em estudar sobre tema relacionamentos.

Acho que muito se deve ao fato de ser do signo de libra, signo regido por vênus o planeta do amor, um signo extremamente sociável e que precisa ou quase necessita de relações amorosas, sociais e de amizades.

Relacionamentos sempre me despertaram muita atenção desde nova e uma das coisas que acho mais belos na vida e que também foi citada pela professora Olinda em uma das aulas é observar um casal de idosos companheiros.

Sempre que os observo penso em tudo que já passaram, o que já construíram, do que tiveram que abrir mão e como deve ser bom olhar para o lado e ter uma alma gêmea companheira.

Assim, conforme nossa professora explicou em um das aulas, para que uma parceria dê certo é necessário alguns fatores.

O primeiro fator é que uma parceria só dá certo se as pessoas forem felizes consigo mesmas.

Se amar, se aceitar e estar feliz com quem você é, é ingrediente fundamental para que você possa compartilhar uma vida feliz com o  outro e não coloque nas mãos dele a obrigação de te fazer feliz.

Lógico que não entraremos em uma relação para sermos infelizes, mas para sermos ainda mais felizes do que já somos.

Quanto essa felicidade genuína não se encontra em nós, dificilmente encontraremos nos outros, ou caso a encontremos no outro, se ele for embora nossa felicidade vai embora junto.

Outro fator fundamental para sucesso não relações conjugais é que não dá para ser feliz com o cônjuge se eu não for feliz com os meus pais.

Uma vez que ao não aceitar os meus pais como são, provavelmente atrairei um cônjuge com as mesmas características que eu rejeito para que eu possa incluir aquilo e curar a relação.

Outras vezes a pessoa não tem nem consciência das raivas ou mágoas que tem com os pais e passa a vida toda infeliz na sua relação conjugal.

Assim, em paz como os nossos pais, teremos paz nas nossas relações conjugais.

Quando somos frutos de relações disfuncionais, nós seremos disfuncionais por natureza pois nossa criança vai levar dali o que aprendeu.

Então para que tenhamos sucesso nas relações, é importante também que nos curemos desses traumas para que nos tornemos adultos funcionais.

Por fim, foi aprendido que um relacionamento conjugal só dá certo se as pessoas estiverem plenas de si, pois precisamos saber que ao encontrar um relacionamento conjugal, nós seremos ainda mais felizes, não depositando no outro a obrigação de nos fazer felizes.

Além de termos que ser amados pelo que somos e não pelo que o outro projeta na gente.

Seguindo esses passos teremos garantia de sucesso no amor?

Não.

O amor em si não nos traz garantias, teremos que pagar o preço e arriscar, mas qual a graça de uma vida em que não nos permitimos amar.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você