[ editar artigo]

CONSTELAÇÕES ÉPICAS

CONSTELAÇÕES ÉPICAS

Esse módulo tratou dos temas mais difíceis, mais traumáticos como abortos, gemelaridade, temas de vida e morte.

De maneira especial eu fiquei encantada com tantas soluções apresentadas e com tanta clareza a respeito desses temas tão dolorosos.

Esses temas realmente mereciam um módulo, muito estudo e muita partilha de ideias, pois são temas que para qualquer constelador necessita cuidado, sutileza e muito carinho.

Agradeço a escola real, na figura da mestre Olinda que nos proporcionou a abertura a tais conhecimentos.

Digo abertura, pois sei que será necessário de nossa parte muito estudo sobre esses diversos temas, em sua particularidade e em cada caso, sendo necessário muitas vezes uma supervisão de apoio em momentos específicos no decorrer de nossas práticas.

Pra mim foi importantíssimo aprender sobre a importância de pensar bem no meu ambiente de trabalho, para que seja acolhedor e que o cliente se sinta cuidado e seguro.

Também me soou muito bem a discussão sobre o perdão, pois veio bem de encontro ao meu pensamento cristão sobre a força da ação de perdoar, de pedir o perdão e sim, de reparar os danos quando necessário.

A frase o não julgamento é a forma humana possível de perdão, ecoou em minha cabeça por semanas.

Saber que as constelações épicas são fundamentadas no perdão, abre um precedente muito importante, sobre a força vinda do amor para que o perdão aconteça e a solução seja encontrada.

Isso é simplesmente lindo.

Divino mesmo.

Penso que quando o sofrimento é grande demais, também a força do amor atua de forma magnifica para o solução.

Saber os significados sistêmicos dos sintomas, são para ajudar e não para julgar.

Outra ponto importante em minha vivência foi ouvir sobre a autoestima. Entender que ela está ligada ao orgulho do proprietário, dos pais, me fez olhar mais para mim, para os meus filhos com olhar de compreensão e entendimento.

Os temas sobre abortos levantados nos encontros foram  muito úteis, para entender os diversos olhares e dores que cada ser traz em sua alma diante de um mesmo tema, com diversas manifestações de sintomas.

Outro tema relevante é sobre gemelaridade, mais precisamente sobre o gêmeo que não vem a vida. 

Quanta coisa está envolvida nessa questão.

São muitos os sintomas descritos pelos participantes que indicam claramente esses casos, como a duplicidade de ações, a invisibilidade, a tristeza, a solidão. Quanta generosidade do sistema em querer que isso seja visto, incluído, chorado, por isso esses sintomas são recorrentes.

Suicídios, depressão, sintomas em forma de loucura, doenças que levam a morte, sintomas que geram morte no sistema, tudo isso é visto em uma constelação épica, ou heroica.

Para mim eu diria de uma constelação épica,  que ela traz um grande benefício ao sistema, que exige grande esforço, uma tomada de decisão.

Também exige muito amor,  coração aberto, desejo de solução.

E por parte do constelador, muito respeito, empatia, não julgamento, dar um lugar no coração, ter cautela, saber aonde posso ir. 

Como consteladores precisamos nos aprimorar cada vez mais, ler e estudar muito sobre esses temas, sobre os sintomas.

Inclusive comprei e indico o livro: A doença como caminho- Thorwald Dethlefsen e Rudiger Dahlke, já indicado pela mestra Olinda, e estou aguardando chegar.

Acredito que esse seja o caminho para a ajuda.

O aprimoramento do saber, a humildade do sentir e a disposição de amar.

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Sandra Regina Dias Amorim
Sandra Regina Dias Amorim Seguir

Sou pedagoga, psicopedagoga e Arteterapeuta. Casada, mãe de três filhos lindos, e tenho um esposo maravilhoso. Moro em Sao Jose dos Campos -SP. Amo a área de desenvolvimento humano e tenho o firme desejo de ajudar muitas pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você