[ editar artigo]

CONSTELAÇÕES ÉPICAS : O AMOR É O COMEÇO E O FIM

CONSTELAÇÕES ÉPICAS : O AMOR É O COMEÇO E O FIM

Eu não imaginava quantos sofrimentos podemos ter por não incluirmos nossos irmãos, que desconhecemos, seja porquê não nasceram ou porquê não foram revelados.

Mas não sabermos que um dia existiram ou ainda existem, é um assunto que fica ali no coração pedindo solução. 

Penso que este assunto deve ser amplamente divulgado, para que cada vez pessoas, possam se conscientizar da importância de sabermos dos nossos irmãos e o quanto este não saber provoca muitas dores. 

Filhos não nascidos, geralmente carregam histórias de muita dor e traumas, e não nos cabe julgarmos os pais, mas as crianças desejam serem vistas, incluídas. Elas clamam está inclusão através daqueles que lhe são tão caros, seus irmãos, na maioria das vezes. 

Aprendemos aqui que se há arrependimento no coração daqueles que praticaram abortos, nada poderá mudar a situação, o fato, mas podem ser feitos gestos que representam estes arrependimentos e a inclusão deles na família, nos corações. Eles também tem sede de amor, de pertencerem. 

Por isso, nós que estamos tendo acesso a este conhecimento, devemos falar da importância da história de todos na família, nascidos ou não. 

O amor não tem tempo, não tem pressa, o amor só quer amar e ser amado, da maneira possível, no tempo possível. 

O amor é o começo e o fim. 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você