[ editar artigo]

F COMME FEMME MÚSICA SISTÊMICA - FORMAÇÃO MASTER

F COMME FEMME   
MÚSICA SISTÊMICA - FORMAÇÃO MASTER

Nessa canção me sinto plena, ao encontro do meu feminino no caminho ao masculino  em transformação de mulher.

Em um dia deixei de ser a criança menina.

Larguei as bonecas, as casinhas  os meus brinquedos que existiam comigo e fui ao encontro da minha liberdade em ser no amor pleno de mulher.

Dançamos centenas de vezes essa música ao encanto da vida a dois e na formação da família a continuação em unidade profunda com o arquétipo da maternidade.

Hoje contemplo a continuação do meu M de Mulher através dos meus filhos e netos a continuação da existência da vida.

Gratidão plena pela minha vida!

 

Link da música F Comme Femme:
https://youtu.be/KHr98A3gwMA

Elle a changé mon univers
Ma vie en fut toute enchantée
La poésie chantait dans l'air
J'avais une maison de poupée
Et dans mon cœur brûlait ma flamme
Tout était beau, tout était femme
Femme
Avec un F magique, F comme fée

Elle m'enchaînait cent fois par jour
Au doux poteau de sa tendresse
Mes chaînes étaient tressées d'amour
J'étais martyre de ses caresses
J'étais heureux, étais-je infâme?
Mais je l'aimais, elle était femme

Un jour l'oiseau timide et frêle
Vint me parler de liberté
Elle lui arracha les ailes
L'oiseau mourut avec l'été
Et ce jour-là ce fut le drame
Et malgré tout elle était femme
Mais femme
Avec un F tout gris, fatalité

À l'heure de la vérité
Il y avait une femme et un enfant
Cet enfant que j'étais resté
Contre la vie, contre le temps
Je me suis blotti dans mon âme
Et j'ai compris qu'elle était femme
Mais femme
Avec un F ailé
Foutre le camp

Ela eclodiu em uma bela manhã
No triste jardim do meu coração
Ela tinha os olhos do destino
Ela se parecia com a minha felicidade?
Oh, ela se parecia com a minha alma?
Eu a peguei, ela era uma mulher
Mulheres
Com um rosa F, F como uma flor
Ela mudou meu mundo
Minha vida foi toda encantada
Poesia cantou no ar
Eu tinha uma casa de boneca
E no meu coração queimava minha chama
Tudo era lindo, tudo era mulher
Mulheres
Com um F, F mágico como uma fada
Ela me acorrentou cem vezes por dia
No doce posto de sua ternura
Minhas correntes foram trançadas com amor
Fui um mártir de suas carícias
Eu estava feliz, fui infame?
Mas eu a amava, ela era uma mulher
Um dia o pássaro tímido e frágil
Veio falar comigo sobre liberdade
Ela arrancou suas asas
O pássaro morreu com o verão
E naquele dia foi o drama
E apesar de tudo ela era uma mulher
Mas mulher
Com um F todo cinza, fatalidade
Na hora da verdade
Havia uma mulher e uma criança
Essa criança que eu fui deixada
Contra a vida, contra o tempo
Eu me aninhei em minha alma
E eu entendi que ela era uma mulher
Mas mulher
Com um F alado
Dar o fora


 

 

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Maria Lucia Sammartino Pozzebon
Maria Lucia Sammartino Pozzebon Seguir

Sou formada há 43 anos com especialização em regressão de memória. Amo o que eu estou profissionalmente onde sempre quero ajudar seres humanos a sair de seus sofrimentos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você