[ editar artigo]

MÓDULO 11 CONSTELAÇÕES ÉPICAS CONCLUSÃO DE CURSO

MÓDULO 11 CONSTELAÇÕES ÉPICAS CONCLUSÃO DE CURSO

 

Há 43 anos quando me formei em psicologia , os relacionamentos com o pacientes haviam normas a serem seguidas e sem poder expressar  o amor incondicional e o afeto dentro do meu peito.

Às pessoas que eu atendia em sofrimento humano, mesmo assim eu vivia burlando essas normas, sentia que só assim completava a cura.

Na formação real e com as constelações épicas me toca bastante o cuidado em dar esse amor de forma constante e profunda nas almas das pessoas que me buscam ajuda.

As constelações épicas falam em crianças e minha mente vai para um pensamento que existe um lugar no reino de Deus onde todas a crianças querem nascer pela oportunidade de evoluir em seu sistema e para seu sistema.

Lá estão essas crianças com seu amor inocente puro e verdadeiro.

Nas constelações épicas lidamos com as crianças excluídas, não nascidas com abortos espontâneos  ou provocados, onde o amor dos filhos aos pais é profundo e também aos seus irmãos.

Ao trabalhar com essas pessoas sem julgar ou criticar e sempre ao lado com amor vai incluindo um por um ao pertencimento e a ordem no sistema familiar.

Os sintomas vão desaparecendo e verdadeiros milagres  acontecem.

Essas situações difíceis em família acarretam grandes sofrimentos dos filhos não nascidos. São as queixas de comportamentos por exemplo de sintomas de hiperatividade dentro de um olhar sistêmico para aqueles que não conseguiram um lugar.

Na constelação épica criada por Olinda, onde essas crianças são colocadas  em seus lugares e ordem e começam a ter pertencimento dentro do sistema com muito amor.

Crianças não nascidas são ignoradas dentro do sistema, por isso devemos sempre perguntar ao casal:

-Quantos filhos vocês tem?

Eles possam citar só os nascidos mas não incluem os abortos se houveram.

Constelações épica é muito precioso e preciso. 

As crianças fazem tudo para os pais. Uma criança mostra tudo aquilo que os pais escondem no coração. Os pais muitas vezes precisam passar pelo processo do perdão para tocar o coração.

Verdadeiros arrependimentos onde esse movimento completa.

Filhos são sempre bênçãos.

Eles sempre trabalham na inclusão dos irmãos!

Abortos são filhos não nascidos.

A dor da alma no corpo dessas mulheres  a constelação vai onde ficou paralisado esse amor no sistema como trauma e dor.

Ao falar que tem filhos no céu que não nasceram devido ao aborto e outros nascidos em seu corpo físico, chega muita emoção  nesse movimento saí do trauma.

É possível saber quantos abortos nas intervenções épicas onde os sinais são dados para os que faltaram sejam incluídos.

Os gêmeos sistêmicos tem memória com o corpo da mãe até dois anos, nascidos ou não nascidos. A constelação épica inclui essas crianças e não são mais chamados de abortos e sim filhos, pois foram vidas interrompidas de forma espontânea ou provocada.

A inclusão dessas vidas traz serenidade para a vida de muitas famílias.

Abençoada constelação épica onde a nossa  amada mestra desenvolveu para a felicidade de todos!

 

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Maria Lucia Sammartino Pozzebon
Maria Lucia Sammartino Pozzebon Seguir

Sou formada há 43 anos com especialização em regressão de memória. Amo o que eu estou profissionalmente onde sempre quero ajudar seres humanos a sair de seus sofrimentos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você