[ editar artigo]

HOMEM-ARANHA E SUA DINÂMICA SISTÊMICA

HOMEM-ARANHA E SUA DINÂMICA SISTÊMICA

 
No final do módulo seis, quando Olinda Guedes nos pede pra escrever sobre um super-herói e relatar a sua dinâmica sistêmica, o primeiro que me veio  à mente foi o Homem-Aranha. Não foi o super-herói da minha infância e não consegui me lembrar de nenhum, mas é o super-herói do meu filho, de sete anos. Tudo dele é do Homem-Aranha, tem fantasias, bonecos, brinquedos, lego. Ele se diverte muito com esse personagem, inclusive assiste os filmes também, tendo já assistido várias vezes repetidamente, por isso resolvi escrever sobre ele.

O personagem Homem-Aranha foi criado nos Estados Unidos, em Nova Iorque, mais ou menos na década de 60 e ele conta a história de um jovem órfão de pais, que foi criado pela tia e pelo tio. Ele possui uma personalidade mais tímida e retraída, com dificuldade de socializar na escola. Peter Parker, o estudante por detrás da identidade secreta do  Homem-Aranha, possui auto-obsessões com a rejeição, inadaptações e solidão.

Na adolescência tem de lidar com as lutas diárias normais da sua idade, e também com aquelas que tem como combatente do crime mascarado.

Para combater os seus inimigos, os criadores deram-lhe super força e agilidade, a habilidade de conseguir aderir na maior parte das superfícies, a possibilidade de disparar teias de aranha através de mecanismos montados nos pulsos (inventados por ele próprio, a que ele chama "lança-teia") e consegue reagir rápido ao perigo com o seu "sentido-aranha" ("spider-sense"). Os seus poderes foram adquiridos após ter sido mordido por uma aranha radioativa.

Como observou um jornalista contemporâneo: "O Homem-Aranha tem um problema de identidade terrível, um complexo de inferioridade marcado e um medo das mulheres. Ele é anti-social, castrado, atormentado pela culpa edipiana e propenso a acidentes, um neurótico funcional". Agonizando sobre suas escolhas, sempre tentando fazer o que é certo, ele é, no entanto, visto com suspeita pelas autoridades, que parecem não ter certeza se ele é um vigilante útil ou um inteligente criminoso.

O Homem-Aranha tornou-se a estrela da Marvel, e tem sido muitas vezes utilizado como a mascote da empresa. O que me chama atenção é exatamente o que despertou tanto interesse nas crianças e nos jovens sobre o personagem. Primeiramente ele possui um perfil que condiz muito com a fase de vida dos jovens, com indecisões, rebeldia, solidão,  problemas em interagir com grupos, autoestima, bullying, etc.

Todos esses sintomas podem estar relacionados com o vínculo de amor interrompido com os pais, que faleceram quando ele ainda era bebê e foi adotado pelos tios. Eles revelam os traumas infantis e demonstra no seu comportamento o seu corpo de dor. Após a morte do tio, Peter Park amadurece e resolve utilizar dos seus poderes de forma mais responsável.

Foram as situações de dor que deu a ele a oportunidade de ser um super-herói melhor, para fazer o bem e salvar vidas.

#mod6

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você