[ editar artigo]

O PODER CURATIVO DA ÁGUA

O PODER CURATIVO DA ÁGUA

Na vida, às vezes, sentimos que,  desde o início, fomos mergulhadas/os e geradas/os na água.  Entretanto, nascemos com uma fonte e um poço vazio, ao mesmo tempo. Era esse o sentimento que me acompanhava durante a minha trajetória, até há pouco tempo atrás. 

Todos nós sabemos que a água é o elemento natural responsável pela existência de vida na Terra. Em quase tudo e a todo momento a água está presente em nossa vida.

Segundo os termos do dicionário Houaiss da língua portuguesa: a “água é a substância (H²O) líquida e incolor, insípida e inodora, essencial para a vida da maior parte dos organismos vivos,  e excelente solvente para muitas outras substâncias;  parte líquida que cobre aproximadamente 70% da superfície terrestre…”.

Com os seus inúmeros benefícios e possibilidades de uso, sabemos que a água é utilizada em diversas abordagens terapêuticas. Em algumas terapias, a água é tida como  “agente de limpeza'', e também,  a base para o fornecimento de calor e frio para o corpo. 

Com um olhar atento e em buscas de técnicas e ferramentas funcionais para os processos terapêuticos, ao longo do tempo, estudiosos e terapeutas, também  os das Constelações Familiares, descobriram e desenvolveram  técnicas e recursos de aplicações e intervenções sistêmicas utilizando a água.

Embora os princípios das constelações sistêmicas na água remontem a tempos mais antigos e costumes em diferentes culturas, no Brasil por exemplo, descobrimos suas raízes nas tradicionais festas juninas, onde as pessoas utilizavam bacia com água para descobrirem informações acerca do amor ou de seus destinos.

Portanto,  a água é um excelente recurso possível para as Constelações, sobretudo no atendimento individual e online. 

Nas sessões terapêuticas, com as constelações na água, percebemos que esse trabalho consiste em utilizar como recursos:  tigela com água, onde se coloca bonequinhos de EVA, ou, alguns objetos leves (de isopor, por exemplo), que possibilitam a fluidez dos movimentos durante a realização do procedimento desejado.

A primeira vez que eu solicitei uma terapeuta  para constelar-me  foi uma constelação na água. Na época, eu ainda não sabia que existia essa possibilidade. Apenas quis colocar um tema,  para ver se iria funcionar realmente e trazer algum insight pertinente para a minha vida.

Fiquei surpresa e curiosa quando a terapeuta disse que a minha constelação seria realizada na água.

No primeiro instante eu não entendi direito, mas, fiquei  aguardando para saber como seria o procedimento. Estranhamente, desde o momento em que recebi a informação, senti que algo importante seria revelado. E isso chamou-me a atenção, porque, quase sempre,  eu sonhava com água gelada, e por conta disso, eu sentia muito frio e um vazio que eu não sabia de onde vinha.

No “aparente”, eu até julgava não ter motivo para sentir o que eu sentia. Enfim!

Para minha surpresa a constelação  superou a minha expectativa. O resultado foi uma experiência incrível.  Obtive muitos insights, descobertas e confirmações significativas. A partir dessa experiência, decidi estudar sobre as constelações sistêmicas e familiares. 

Aprender e compreender como existimos e como  funcionamos é realmente uma bênção, assim, como é a água dentro do nosso organismo: uma fonte e um reservatório ao mesmo tempo. A qualidade da água em nós depende das escolhas e do modo como tratamos a água que somos, temos e repartimos com todos aqueles que chegam a nós com o seu baldinho vazio, em busca de água límpida e fresca. 

&&&&&&&&&&&&&&

Fonte: 

- Curso  Constelação na Água: Bônus VIII - aula 2

- Dicionário, Houaiss da língua portuguesa, Objetiva, Rio de Janeiro 2009 1ª edição

- https://constelacaoclinica.com/constelacao-na-agua

#constelaçõesnaágua#bônusVIII#aula02

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você