[ editar artigo]

O QUE ME ADOECIA FOI O QUE ME CUROU

O QUE ME ADOECIA FOI O QUE ME CUROU

Antes da felicidade, os meus pais.

Por lealdade ao meu sistema eu fui tão solitária quanto meu bisavô, eu fui tão intransigente quanto meu avô e tão antissocial quanto meu pai.

Por lealdade a todas as mulheres da minha família eu não fui feliz no casamento, nem tampouco  no sexo.

E pela mesma lealdade, tive filhos mesmo assim.

Por lealdade a uma das minhas avós eu fui triste; por lealdade a outra quase morri e por lealdade a outras tantas ancestrais resolvi viver mesmo infeliz, assim como todas elas.

E por tamanha lealdade que sempre tive, quis saber exatamente como eram suas vidas, e comecei a escrever sobre suas histórias e caminhadas.

Então, entrei em contato com cada um deles, e os vi como nunca ninguém havia olhado.

E o amor os trouxe de volta.

E cada peça foi colocada em seu devido lugar.

E o que me adoecia foi o que me curou.

E apesar deste quebra-cabeça ainda possuir algumas lacunas, é possível de se ver o cenário que ele apresenta.

E digo cheia de alegria: é lindo.

Constelações Sistêmicas

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Kelly von Knoblauch
Kelly von Knoblauch Seguir

Historiadora, genealogista e escritora. Neta, filha e mãe. Gratidão Eterna.

Ler conteúdo completo
Indicados para você