[ editar artigo]

ORDENS DA AJUDA

ORDENS DA AJUDA

No módulo 8, tivemos um grande aprendizado, sobre as “Ordens da Ajuda”.

Compreender que mesmo com o coração voltado para ajudar / auxiliar ao próximo, devemos levar em consideração os limites de um "Ser Humano Encarnado". De um Ser, cuja sua história, também foi construída com dores, traumas e lágrimas.

E por respeito a si mesmo, e pelo profissional que é, não "tenha que" atender um cliente, que venha tratar de distúrbios, que represente o personagem (perpetrador) que lhe causou Noites Escuras na sua infância. 

Quando este tipo de situação ocorrer, o profissional terapeuta, pode gentilmente, informar a pessoa que não poderá atende-lo, mas indicará outro Constelador que fará o tratamento e que poderá ajuda-lo no que for possível.

Ajudar quando de fato puder ajudar!

Como estamos estudando o Saber Sistêmico, importante considerar todos os sinais, olhar o todo, desde o primeiro contato com o cliente, a partir do agendamento. Pois, a gramática da Constelação se dá desde os primeiros movimentos / contatos.

Importante destacar que, assim como devemos observar as gramáticas da Constelação, também devemos ser atentas as palavras / frases de equilíbrio que falamos aos clientes, visto que são o nosso vínculo, a ponte entre o estado atual do cliente para o desejado. Devemos mencionar palavras de pertencimento, frases de compensação e ordem.

Para o cliente as frases são como chuvas de pétalas de luzes cintilantes, milagrosas, mágicas, que tocam em pontos que estavam adormecidos há anos, e são vistos de forma acolhedora e amorosa.

Constelação é mágico e é Real!

Gratidão por tudo!

Beijos e Abraços Carinhosos,

 

Alessandra Correia
 

Constelações Sistêmicas

TAGS

ORDEM

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você