[ editar artigo]

COMO A MASSAGEM REPARENTALIZADORA ME TRANSFORMOU

COMO A MASSAGEM REPARENTALIZADORA ME TRANSFORMOU

Já faz algum tempo que acredito no toque como forma de aproximação com o ser humano.

Acredito ser uma forma de cuidado que vai muito além das palavras.

Porém, com o curso, pude perceber aspectos que ainda podem ser melhorados em mim nesse quesito: compreendi a importância do estado de presença no processo de cura, o quanto faz diferença colocar a nossa intenção quando estamos em contato físico com o cliente.

O respeito ao corpo do outro, os limites de cada um, e o quanto o espaço terapêutico deve ser vivido com cautela.

Cada memória que aquele corpo carrega contribui para os possíveis enrijecimentos, com isso, aquele ser que muitas vezes não foi cuidado, deve ser visto com muito amor.

Para que todo esse aprendizado fizesse sentido, entendi que necessito ser coerente com as minhas ações.

Logo, meu primeiro e único cliente até o momento é meu marido.

Como eu posso ser uma boa terapeuta, sem iniciar esse processo dentro de minha casa?

Curando os nossos próprios corpos de dor, tanto meu, do meu marido como de minha filha que está por vir?

Eu me emociono em pensar que na verdade minha grande motivação para toda essa busca de transformações, está relacionada a construção da minha família.

 

#RCCMRRS

Terapias Sensoriais

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
NATALIA NEGRAO
NATALIA NEGRAO Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você