[ editar artigo]

Carta aos Professores

Carta aos Professores

Aos mestres que ensinam conectados com a sabedoria que vem do coração, quando os professores estão reconciliados com os seus pais e descobriram seu propósito de vida, quando se encontraram na vida e na profissão, os alunos amam aprender e querem ir para a escola, não importa se escola é longe, se precisa ir a pé, ou de carroça, ou a cavalo; professores que estão alinhados com sua profissão como missão de vida, tem amor no que fazem, realizam suas tarefas com elegância e alegria e são respeitados como grandes autoridades, amam aprender e também amam ensinar, experienciam o que falam, traduzem os conteúdos mais complexos, como por exemplo as matérias que os alunos têm maior dificuldade, facilitam, tornam acessíveis os potes de ouro no final do arco-íris, porque compreendem, intuitivamente, que os alunos trazem muito mais do que seus materiais corriqueiros para a escola, como: caderno, lápis, borracha, réguas, compasso e apontador.

Esses professores sabem que além do aparente, estas listas incluem vários outros itens. Então são corajosos, investem nos seus alunos, confiam na capacidade de aprendizagem deles, têm congruência, vivem exatamente aquilo que ensinam e aí certamente, o conhecimento tem força; porque ambos estão empoderados, desta forma constroem, crescem e trabalham juntos, produzem conhecimento e também realizam verdadeiros milagres em sala de aula. Sim, o professor tem o papel de curador. Sim, pois é ele quem faz o papel da ponte, todos precisamos passar pelo professor e voltar para a escola, isso mais cedo ou mais tarde, é ele quem inclui a todos seus alunos com suas histórias de vida, seus emaranhamentos familiares, suas dificuldades de aprendizado, suas dores...

Quando o aluno sente que tem um lugar no coração do professor e esse professor respeita os seus pais e sua família, por meio do aluno que está sentado na última carteira dentro da escola, as bênçãos podem chegar, em todos os âmbitos da vida deste aluno, e deste professor também, pois no fundo o professor sabe que, se o aluno tem êxito e vai bem na prova, a nota 10 é para os dois, assim ele foi visto, assim ele foi honrado, assim o conhecimento serve à vida dos seus alunos, serve à vida da comunidades e assim as empresas podem prosperar com profissionais que honram seus pais e sua família, que honram seus mestres e assim honram o trabalho e sua profissão.

Reflexões de uma Pedagoga Sistêmica. Gratidão a todos os meus mestres com carinho. Eu honro vocês.

 

 Débora Carvalho

Pedagoga Sistêmica 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Débora Carvalho
Débora Carvalho Seguir

Abrace a sua vulnerabilidade e faça dela a sua maior força. É bonito demais sentir.

Ler conteúdo completo
Indicados para você