[ editar artigo]

Eu Sigo Você

Eu Sigo Você

As Lealdades Sistêmicas do tipo “Eu sigo Você”  olham para um amor profundo dos sistemas. O amor que admira, que quer para si o mesmo que o outro quis para si. Um amor cego, sem distinção.

Uma mãe que muito cedo entrou em processo depressivo, ausentando-se da vida, ainda muito antes do filho nascer devido a um trauma experienciado em sua família de origem cria uma marca, um padrão de sofrimento que poderá originar nas gerações posteriores sentimentos de querer morrer, de desejo de solidão, de ausentar-se dos relacionamentos, de retirar-se da vida. Isso pode acontecer por meio de atitudes extremas como:  perdendo documentos importantes necessários para retirar prêmios, perdendo horário de compromissos raros (vôos internacionais, palestras, concursos, etc.), sofrendo acidentes e até mesmo errando  a quantidade de medicação comuns, esquecendo de fechar portas, expondo-se a pequenos perigos cotidianos.

O que fazer para tornar-se completo? Para libertar-se desta lealdade? Para transformar essa Lealdade em felicidade?

É necessário tornar-se consciente de onde, quando e com quem o sofrimento foi originado, que uma dor não foi ainda cuidada, que alguém ficou desamparado, à espera de amor, de atenção, de acolhimento, de proteção, de segurança, de cuidados.

Quando isso for observado é essencial o admirar, o contemplar com compaixão e bondade, sem julgamento , percebendo tudo que ali houve, com discernimento. Marianne Franke-Gricksch chama essa atitude de “dar um lugar no coração”.

É natural neste momento experienciar- se um silêncio profundo e até mesmo algumas palavras saírem naturalmente:

- Eu sinto muito!

- Eu vejo você!

- Eu te agradeço por tanto, por tudo!

- Seja como for, foi o que foi possível.

- Agora tudo está bem.

- Agora em mim, em nós, todos podemos seguir em paz e completos.

Algumas canções podem ajudar muito, principalmente aquelas que tocam o coração do cliente, que fazem parte do mapa de mundo, da cultura daquele povo.

No interior do Brasil, para aqueles que já viveram em meio rural, faria muito sentido a música Couro de Boi , de Sérgio Reis. Veja: 

https://sabersistemico.com.br/blog/cura-pai

Quais as lealdades que você já percebeu em sua vida? Como você as transformou em recursos, em paz, em felicidade?

 

OLINDA GUEDES é mãe da Nina e Camila Maria, apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras.  É mãe de mais outros cinco príncipes na terra, e quatro anjos no céu.

Sua avó paterna teve 9 filhos, 7 filhos na terra e 2 no céu.

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

https://www.facebook.com/olindaguedesfanpage/

https://www.youtube.com/c/OlindaGuedes

https://www.instagram.com/olindaguedes/

#novolivo #constelações #sabersistemico

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você