[ editar artigo]

FICHAMENTO DE LIVRO: "COMO NOSSO NASCIMENTO AFETA NOSSOS RELACIONAMENTOS

FICHAMENTO DE LIVRO:

DADOS DA LEITORA:

NOME: MÁRCIA REGINA VALDERAMOS

CURSOS: FORMAÇÃO REAL EM CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS – F-1   E RENASCIMENTO SISTÊMICO

DATA: 12/12/2020

DADOS DO EXEMPLAR LIDO:

TÍTULO DO LIVRO: "COMO SEU NASCIMENTO AFETA SEUS RELACIONAMENTOS – UMA ABORDAGEM PSICOLÓGICA"

AUTORES: SONDRA RAY E BOB MANDEL

CÓPIA DIGITALIZADA EM PDF

LOCAL DA PUBLICAÇÃO: SÃO PAULO/SP

EDITORA: GENTE

ANO: 1998


Orientações para fichamento

1 – MENSAGEM GLOBAL QUE OS AUTORES ME DEIXARAM:

A nossa concepção, o nosso parto, o nosso nascimento e as circunstâncias que se deram, afetam profundamente nosso modo de encarar a vida, de nos defendermos e de nos relacionarmos. Eu diria, pelo que a Mestra amada Olinda Guedes nos ensina, que aqui criamos as nossas leis pessoais, as leis que nos defenderão pela vida e nos propiciaram a sobrevivência, mas às custas de muito sofrimento e da provável "não vivência real". Enquanto não renascemos, através da técnica do Renascimento, da Respiração Consciente, por exemplo e de outras técnicas sensoriais, não nos curamos, seguimos buscando repetir o que sentimos nesses momentos, como que nos punindo pelo que imaginamos termos sido os causadores, há tratamento e há possibilidade de cura, mesmo em casos mais difíceis, através do renascimento e suas técnicas, como citei.

2 – A PARTIR DA LEITURA DESSE LIVRO, OBTIVE AS DEZ DICAS A SEGUIR PARA CRIAR EXCELÊNCIA EM MINHA VIDA

- Pesquisar a minha concepção, o período de minha gestação, o meu parto, o meu nascimento e levar em consideração cada detalhe: os sentimentos de minha mãe, de meus pais e o que acontecia à nossa volta nesses momentos, determinaram meu modo de ser;

- O momento da concepção é tão sagrado quanto o da gestação. O nascimento deve ser o mais natural possível. Como comigo não deu, posso renascer pelas técnicas, posso ressignificar;

- Realmente não é possível me livrar das culpas que sinto sem me tratar. Preciso de ajuda profissional e já marquei com renascedor;

- Todas as patologias e sofrimentos que sinto, todos os sintomas, podem ter sua origem nesses períodos e há cura;

- Nasci de parto chamado “normal” que de normal pode não ter tido nada, a não ser que é o mais comum de ser feito. Preciso investigar ou reviver na técnica;

- Preciso admitir que preciso de ajuda se quero mesmo sarar;

- Como já sei que meus pais estavam com muitas dificuldades relacionais,  emocionais e financeiras quando da minha concepção, procuro atualmente perdoá-los pelo que pensaram e sentiram a meu respeito;

- Meus pais tinham muito medo e temor. Eram muito imaturos quando me conceberam e, agora sei, que por isso não tive respaldo para amadurecer com segurança;

- Agora compreendo as minhas dificuldades respiratórias e a minha vontade de morrer desde que nasci; compreendo porque minha perna direita foi quase amputada na virilha aos 2 meses de idade devido a ter contraído tétano por injeção aplicada sem desinfecção; energia de morte pairava no ar. Eu queria seguir quem estava morto.

- Compreendo porque tenho que me entorpecer para viver, para dormir. Creio, pelo que sinto, que minha mãe deva ter sido anestesiada. Ela nunca queria falar sobre nada disso comigo, me batia quando eu perguntava (e eu perguntava muito, portanto....) e acho que sofreu muito no parto, porque não sabia ao certo o dia nem o horário do meu nascimento, nem se era de dia ou de noite. Descobri entre os guardados do meu pai, já adulta (ele nunca falava nada em casa com a gente) que o hospital em que nasci, naquela época (1958) anotava em um papelzinho o nome da criança, se foi ou não parto normal, peso e tamanho e dia e horário de nascimento. O dia que minha mãe disse que nasci é um dia depois do meu real nascimento. Isso sempre me deixou muito revoltada. Tento compreender, mas está difícil.

3 – CONSIDERANDO A REALIDADE QUE VIVO, APLIQUEI IMEDIATAMENTE APÓS LER ESSE LIVRO O SEGUINTE:

O que li nos versos da apresentação do autor desse livro, Bob Mandel, logo na apresentação, calou fundo na minha alma e é isso que vou lutar para ter forças para fazer. Não posso mais continuar ligada à minha mãe pela mágoa, pela dor, pelo ressentimento. Preciso viver, o que não fiz até agora. Segue parte dos versos:

“Cordões precisam ser cortados,

É preciso sangrar um pouco

Antes de me entregar à vontade de Deus” (pág.21)

4 – APÓS ESSA LEITURA TIVE A SEGUINTE TRANSFORMAÇÃO EM MIM:

Percebo que essa culpa que me corrói, precisa ser anulada. O que senti e sinto precisa ser tratado, mas teve razão de ser e a culpa não é minha. Na verdade, não há culpa de ninguém; circunstâncias precisam ser enfrentadas e têm de ser enfrentadas e fazemos o que dá como dá, quando dá. Vamos no processo, por partes.

5 – MUDANÇAS QUE ME COMPROMETO EM TORNAR REAIS A PARTIR DESTA LEITURA:

Não preciso desejar morrer por ninguém se já estou morta. Preciso é viver. Eu quero viver. Eu sempre quis viver. Estou viva aqui hoje porque lutei contra tudo e contra todos. Até contra mim mesma! Sou uma brava guerreira e vou vencer, comigo mesma de aliada. Vou tentar conseguir mais com os tratamentos que a amada Olinda Guedes me propõe. Acho que vão me fortalecer, pelo que tenho estudado. Eu quero, desejo que me fortaleçam. Um dia, uma psicóloga com quem eu fazia terapia, depois de 16 anos de "tratamento" e sem os resultados que eu esperava com ela me perguntou diante do meu desapontamento com o processo: "E o que você quer realmente"? E eu respondi,  e é o que penso:"Eu quero ser curada, uai"!

6 – SE ENCONTRASSE OS AUTORES DESTE LIVRO, EU ...:

Acho que não conseguiria expressar com palavras nada. Só lhes abraçaria e, se não pudesse falar por causa das lágrimas que provavelmente estaria derramando de emoção ao vê-los, eu pediria em pensamento a Deus que os abençoasse sempre para que continuem salvando pessoas pelo mundo como estão me salvando hoje! Gratidão é pouco!

7- PARA QUEM SUGIRO ESTE LIVRO E JUSTIFICO:

PARA A HUMANIDADE, PARA QUE ENTENDAMOS AS RAZÕES DE NOSSOS SOFRIMENTOS, SINTOMAS E INSUCESSOS E PARA QUE NÃO CONTINUEMOS A REPASSAR ÀS PRÓXIMAS GERAÇÕES ESSAS DORES.

TAGS

FICHAMENTO

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você