[ editar artigo]

Os Metassentimentos

Os Metassentimentos

Você já ouviu falar desta palavra "Metassentimentos"? 

Existem sentimentos nos quais podemos confiar. Esses têm características determinadas: são sem emoção, totalmente claros. Denomino esses sentimentos de metassentimentos.

Coragem pertence aos metassentimentos, humildade é um metassentimento, sabedoria também. Sabedoria significa que posso diferenciar se algo é possível ou 
não. Pode-se fazer essa diferenciação, porque se está em harmonia com algo maior.

Vivenciamos essa harmonia assim como quando se nada num rio calmo. Percebemos imediatamente a mais leve correnteza ou, quando alguém está velejando e abriu as velas, percebe imediatamente o menor sopro de vento.

Os metassentimentos são sentimentos em harmonia. O terapeuta trabalha com esses sentimentos.

Muito se opõe à percepção do que é possível ou não, por exemplo, que alguém queira algo que não está em harmonia. A outra coisa é que alguém não esteja absolutamente capacitado a ter essa percepção, porque está inundado de sentimentos alheios, de sentimentos que não lhe pertencem. Eles vêm, por exemplo, de sua família de origem.

Os metassentimentos têm uma qualidade de leveza. Não há nada 
de pesado ou dramático nisso. São completamente simples. Chega-se a 
isso, libertando-se de seus próprios emaranhamentos. Nas constelações 
familiares pode-se vivenciar como libertar-se disso.

Muitos sentimentos são causados pela consciência. Consciência significa que me oriento pelo que me assegura a pertinência à minha família. Portanto, consciência tranquila significa que estou em consonância com aquilo que é válido na minha família, de modo que possa pertencer a ela. Má consciência significa que reajo com medo ante a perda de minha pertinência. Quem está preso a esse medo não pode 
perceber os leves movimentos dos metassentimentos. Uma criança, por
exemplo, não consegue isso, porque ainda é totalmente dependente de 
outros sentimentos.

 

Débora Carvalho
 

 

A fonte não precisa perguntar pelo caminho. Página 43.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Débora Carvalho
Débora Carvalho Seguir

Abrace a sua vulnerabilidade e faça dela a sua maior força. É bonito demais sentir.

Ler conteúdo completo
Indicados para você