[ editar artigo]

Olhe para aquilo que você nega

Olhe para aquilo que você nega

Você já pode deixar o seu coração livre de cobranças, projeções no outro, permita que sua alma também fale. Você esta aberto e está pronto para ouvi-la? 

Se ainda você não se sente pronto para trabalhar em algo diferente, daquilo que sua família trabalhou, ou ainda não tem a permissão para fazer e se tornar diferente do grupo familiar, você pode começar servindo com o que você já tem disponível. Acha que pode crochetar, pintar, costurar, ou escrever mensagens diárias que auxiliem as pessoas nos seus processos de desapertar espiritual?

A conexão com a nossa mãe, terra ou a mãe divina, nos nutre com a sensação de abundância, nos liga diretamente com a fonte de amor e abundância, trabalhar com a sua consciência toda abrangente, nos traz a confiança de que o universo nos entrega tudo aquilo que precisamos a medida que somos honestos com nossos dons e talentos.

Quando nos boicotamos, quando não tomamos o poder que é nos passado e dado através da consciência de nossos pais, também é retirado de nós o nossa potência diante da vida e nosso poder de compreensão, porque somos nós quem nos excluímos e assim violamos a primeira lei, que é a do pertencimento. Se pararmos para refletir vamos perceber que somos nós quem escolhemos ficar neste lugar de não merecimento, neste lugar de criança com o ego ferido. Não existe o meio termo, ou você se envolve ou você vive na escassez, a vida e o amor que faz bem é para os corajosos, para os adultos, e se você se identificou com o que está lendo aqui, sinta se, é você ou uma consciência familiar que atua sobre você, que te diz em auto e bom som: "não tome, não confie, não cresça, não se envolva, não vá por esse caminho"... Perceba na sua alma o que te impede, perceba em você ou no corpo, na sua respiração se algo te puxa para trás ou para você ficar apenas na espreita, espiando pelo portal. Se você ficar no meio termo, você se sente igual e que pertence a consciência de sua constelação familiar, é isso?

Muitos não tiveram a coragem de atravessar o portal para o mundo dos imperfeitos onde quem está fazendo, está liderando muitas vezes é alvo de críticas. Quantas vezes excluímos os nossos pais com críticas pontiagudas e julgamentos, simplesmente por eles estarem fazendo, servindo? Você teme as críticas? Agora que você está nesta posição do fazer e do servir?

Nessa jornada de cura da alma, em muitos momentos, vamos ser expulsos do paraíso, as nossas crenças vão nos colocar em outra plataforma que não é a mesma dos nossos pais, familiares e do senso-comum, acredite desapegar de ser compreendido é nosso maior desafio. Ser amado e aceito, o tempo todo, é humanamente impossível, se você quiser crescer e transcender seus emaranhamentos, suas sombras, terá que fazer um caminho diferente. Eu sei todas as ovelhas são branquinhas, justo a você coube ser a ovelha negra, mas tem um preço, não passar por esse portal. O preço é lidar com o sentimento de escassez, de desconfiança, de enfraquecimento mesmo.

Os mestres que aqui na terra habitam são carnais e sob essas leis terrenas não podemos transcender, estamos aqui nesta vida, nesta jornada realmente para lidar com o absurdo e a graça, com o imperfeito... quem busca a perfeição em todos os aspectos está conectado com a morte. Só eu e você temos futuro e se concordamos com a vida do jeito em que ele veio, sem depositarmos a culpa no outro, aceitando, tomando a responsabilidade sem reclamações e lamentações, podemos nos desenvolver no nosso tempo, no nosso ritmo... E como é confortável pra nós, sem desculpas.  

 

Débora Carvalho

Pedagoga Sistêmica  e Facilitadora de constelações Familiares. Cada vez mais reconciliada com meu tronco masculino gratidão Pai José Machado de Souza filho, cada dia menor na presença e na hierarquia de meu tronco feminino. Gratidão Mãe Beatriz Pereira de Carvalho. 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Débora Carvalho
Débora Carvalho Seguir

Abrace a sua vulnerabilidade e faça dela a sua maior força. É bonito demais sentir.

Ler conteúdo completo
Indicados para você