[ editar artigo]

Pessoas difíceis

Pessoas difíceis

Você tem em sua família, ou no seu trabalho, ou círculo de amigos, pessoas que você enfrenta dificuldades de compreender e de se relacionar? 

Essas pessoas que são consideradas difíceis e disfuncionais, não estão em sua vida e no seu círculo de convivência para te mostrar o quanto você é vítima delas e vítima da vida. 

Essas pessoas estão em programas inconscientes de padrões de comportamentos negativos. Ou seja, estão dentro de um ponto cego. Mas por quê? Cego porque a maioria dessas pessoas não demonstram empatia, e dificilmente tomam a responsabilidade pelos próprios estados emocionais. Mesmo que você tenha oferecido ferramentas, para o despertar da consciência. Sem responsabilidade, sem crescimento. Estão a serviço de um sofrimento maior dentro do campo familiar. 

Como melhorar a nossa relação com elas? Principalmente se essa pessoa disfuncional é você, ou sua mãe, ou seu filho, ou seu companheiro ou sua sogra, ou seu irmão, ou seu patrão? 

Melhoramos a nossa relação com pessoas disfuncionais, a partir do momento que olhamos além do aparente, olhamos para os pais dela através dela, para além dela...

Então podemos parar de julgar. E concordar com a pessoa do jeito que ela é, e tudo que ela traz com ela. 

É olhar na alma desta pessoa.  Se não é possível olhar com amor, olhamos com respeito. Deixando com ela o sofrimento dela. 

 Bert Hellinger diz que: 

Estamos vinculados, aos destinos de nossa família ao longo de várias gerações passadas.

Quando nos deparamos com pessoas que, de acordo com a nossa compreensão, comportam-se de maneira estranha ou fazem coisas ruins, sabemos que estão vinculadas a algo que não compreendem. Então olhamos para além deles, sem intervir, respeitamos seu destino especial. 

Quando respeitamos esse destino sem querer fazer nada, eles ganham força.

 

#constelacaofamiliar
#repeticaodepadroes
#libertacao
#consciencia 
#destino
#presenca

Débora Carvalho

Pedagoga, Psicopedagoga, Terapeuta, Mestre em Reiki, ThetaHealing, Consteladora Familiar.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Débora Carvalho
Débora Carvalho Seguir

Abrace a sua vulnerabilidade e faça dela a sua maior força. É bonito demais sentir.

Ler conteúdo completo
Indicados para você