[ editar artigo]

Um dia decidi vestir minha própria vida e nunca mais voltei atrás

Um dia decidi vestir minha própria vida e nunca mais voltei atrás

Constelar é organizar. Constelar é fazer pesquisa de referências comportamentais herdados de nossos pais, avós e bisavós, e de nossa pátria e ancestralidade.

 Simplificando, é abrir o guarda roupa da alma e decidir qual vida você vai vestir. 

Constelação serve para aqueles momentos, em que você perdeu seu vestido, ou o seu terno mais bonito, e importante lá dentro. 

Então você senta na sua inocência ou na sua culpa, e percebe que o medo, te impede de montar um plano de ação.

E nisso você descobre que precisa de ajuda para organizar toda a desordem, que insiste em querer ficar instalada. 

 O profissional de constelação familiar irá mostrar o que é preciso organizar, incluir, dar lugar, honrar em sua história.  

Não adianta constelar e não querer mudar, a mudança efetiva é responsabilidade sempre do cliente. 

Os pais nos deram a vida, agora é com a gente, tomar posturas adultas frente a vida, em sintonia com as leis sistêmicas que Bert Hellinger denominou como sendo as leis do amor. 

Que são pertencimento, compensação equilíbrio entre o dar e o receber e ordem lugar e hierarquia. 

Enquanto não integramos dentro de nós essas leis universais, e não expandirmos, a nossa consciência, e não agirmos com a congruência, não vamos ver mudanças efetivas.

Constelar é organizar, ordenar, alinhar. Sem ordem não tem progresso, autoresponsabilidade sempre.

 

Débora Carvalho 

Pedagoga e Consteladora Familiar. 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Débora Carvalho
Débora Carvalho Seguir

Abrace a sua vulnerabilidade e faça dela a sua maior força. É bonito demais sentir.

Ler conteúdo completo
Indicados para você